Aquele dos cards de Game of Thrones!

Não sei quem são, nem de onde vieram. O que sei é que um grupo de artistas com a criatividade aflorada criou um baralho com os personagens de GoT. Dá pra ver que não foram todos da mesma pessoa, pela variedade de estilos nas cartas. Curtiu? Eu também, mas ainda não achei pra comprar, rs. (Se alguém achar, lembre de me avisar!).

Abaixo, algumas das minhas preferidas!

Image

Image

Image

Image

Image

 

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

 

Curioso pra ver as outras? Vai lá no site dos caras!

http://gotcardsbr.tumblr.com/

Hasta!

Aquele do pós-Encontro de RPG!

As prometidas fotos – com os merecidos crédito à Regina Gomes, autora do blog O Que Sobrou do Céu. 

Como eu disse, podem morrer de inveja agora!!! Foi muito, muito bom!

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Fica o meu salve pra toda a ARV, pro pessoal de Viçosa que animou acordar cedo sábado e domingo pra fazer nerdices, pra todo mundo que teve um trabalhão de montar cosplay, pros meninos Schelb e Ruan, que planejaram praticamente sozinhos o Live Action de Vampiro, pro pessoal de São Paulo da Narrativas da Imaginação, que veio e honestamente fez o encontro mais atrativo e TÃO divertido, pro Guilherme que veio falar pra gente do seu sistema Tormenta, que esse ano completa seus quinze aninhos (uhul, debutando hahaha!), pro pessoal do origami, da oficina de poliedros, do xadrez, do K-pop… É realmente muito gostoso ver tanta gente trabalhando junta pra ter um evento assim. Foi um sucesso! Já estou ansiosa pro ano que vem!

Bisooooooous! ❤

Image

(pizza pós-encontro: eu apoio essa ideia!)

Aquele do Encontro de RPG!

Ah, gente, tá chegando! Amanhã e domingo começa o tão esperado Encontro de RPG de Viçosa. Começa às 8, lá no PVB!

Essa será a décima nona edição do evento, que ocorre anualmente (ou seja: desde 1995!).

Para os que não conhecem o jogo, vou explicar em termos simples. RPG é todo jogo em que você interpreta um personagem e cria sua história. Só que se for só contação de histórias, nem tem desafio, né? Pra isso, nos jogos de mesa, temos fichas e regras que guiam as aventuras. Nos storytellers, em que o jogo se aproxima mais de um teatro de improviso, temos narradores que acompanham cada cena de acordo com as regras dos livros, e no caso dos jogos online, bom, acho que nem preciso explicar que o próprio jogo limita suas ações.

Este é o quinto ano que participarei do encontro, e dessa vez, como narradora! Isso significa que durante algum tempo eu dei uma estudada em um dos tantos sistemas de RPG – no caso, o Mouse Guard – e aprendi suas regras para ser a pessoa a guiar a aventura, enquanto outros jogadores e visitantes do encontro serão os personagens que darão vida à minha proposta de história.

Image

 

O evento conta com várias outras mesas de narradores novatos (como eu) e os veteranos de guerra, com diversas faixas etárias e sempre voltado para um público alvo que não está por dentro do RPG. Isto é, se você não sabe nada sobre o jogo, não é desculpa pra não aparecer! E se já conhece, pode ir pra conhecer outros cenários, sistemas e trocar ideias com outros jogadores.

Além disso, tem sempre os Card Games – jogos de carta. Magic e Muchkin estão sempre no cardápio. A novidade da vez será o campeonato de Midgard, jogo da Conclave lançado recentemente no Catarse.com. Os outros ainda estarão lá e é bem provável que apareçam mais jogos de cartas, levados não só pelos organizadores do evento como também pelos outros participantes.

Teremos o concurso de cosplay no domingo (pra quem não sabe, cosplay é uma fantasia de algum personagem). O meu já está no jeito. E quem participar ganha 50% de desconto no Yogo Fruz esse dia!

Image

Como se isso fosse pouco, ainda tem sessões de anime, palestras, jogos de tabuleiro, xadrez australiano, oficina de origami e, a mais brilhante e original delas, oficina de poliedros de canudinho!

Para os que estão por perto e podem vir, está feito o convite! Para os que não poderão participar, amanhã vou tirar centenas de fotos pra deixar todos vocês com inveja! Hahaha! Bora lá 😉

Ah, e a entrada é franca, ok?

Pra mais: http://www.rpg.ufv.br

Image

Mesa de Munchkin (2010)

Image

Xadrez australiano (2011)

Image

RPG de comédia (2012)

Image

Live Action (2013)

Voltem amanhã pra mais notícias do XIX ERPGV :)))

Image

 

Aquele da Sandra Dieckman

Porque we ❤ ilustrações e ilustradores!

Dessa vez, o trabalho de Sandra Dieckman, produto de tons e texturas que em conjunto se tornam deslumbrantes.

“The best folktales have a dark edge. Conversely, the best folk art pops with colour – perhaps as a visual way of whistling in the dark, perhaps a celebration of the richness of northern Europe’s storytelling tradition. Sandra Dieckmann’s nature inspired illustration has got that elusive, comfortable yet disquieting quality in spades.”

(Digital Artist Magazine)

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

 

Mais: http://www.sandradieckmann.com/

 

Aquele do vinho

Eu não entendo necas de vinho. Mas esses dias me veio uma curiosidade sobre o que se tem pra entender tão grande, que resolvi fazer uma pesquisa – fosse uns anos atrás, seria na Barsa, mas hoje vai no Google ou Ecosia mesmo. Minha conclusão? Até que tem mesmo bastante coisa pra ser entendida, mas não basta sair experimentando: tem que estudar (pra pagar a diferença, rs).

ImageNessa pesquisa rápida, e com informações boca-a-boca, descobri dois sites particularmente interessantes. O primeiro, de onde vêm a maioria das imagens nesse post, é o Winefolly.com. Neste, há referências, fichas e dicas for dummies. Mas claro que também pode ser aproveitado por quem já conhece algo de vinho, até porque fica muito clara a proposta: juntar os enófilos (aí, ó, vocábulo novo; enófilo: amante, entusiasta de vinhos) e trocar experiências.

E achei muito válido, porque mesmo que existam por aí disponíveis para venda diversos livros sobre enologia, ou cursos de sommelier, é muito raro encontrar informação com conteúdo de qualidade, acima do básico do básico do básico, gratuita. Não estou dizendo que esperava encontrar uma formação completa com amostras grátis de vinho e entrega em casa, mas nas minhas buscas não consegui achar um único guia para iniciantes acessível – tanto em linguagem quanto em preço.

Os livros que o winefolly recomenda, por exemplo, são na faixa de 20 a 30 dólares. Dá pra fazer? Até dá. Mas pra isso é preciso estar mais que empolgado com o tema; é preciso considerar todo um investimento. Por quê? Porque uma coisa é querer aprender por curiosidade, e outra é investir R$ 70 reais num livro e ficar só na teoria: não dá, né? Quem compra um livro desses, muito provavelmente, já está considerando investir também em taças, garrafas e todo o aparato para aproveitar corretamente a prática.

ImageMas se alguém, assim como eu, está só pensando em ir aprendendo a teoria, devagar e sempre, antes de comprar qualquer vinho nobre, já tenho algumas dicas.

A primeira, que aprendi vendo uma vídeo-aula de degustação de vinhos no Portal da Educação, canal do Youtube mesmo, explica qual taça usar para cada tipo de vinho. A imagem acima resume o que bate com o que: vinho tinto – taça arredondada, grande, com bocal um pouco mais estreito; vinho branco – taça arredondada, menor que a do tinto; espumante – taça comprida, como as taças de champanhe, e vinho licoroso, que mais combina com sobremesa, numa taça pequenininha. Claro que a graça não está em saber qual vai com qual, e sim entender a explicação. Pra isso, recomendo que assistam o vídeo que mencionei.

Outra dica: adequar a temperatura ao vinho que vai tomar. O vinho tinto, recomenda-se que fique cerca de uma hora na geladeira antes de servir. Pois é, não tem nada de chique em tomar vinho quente não. Mas também não precisa colocar uma pedrinha de gelo pra virar suquinho de uva, ok?

Já o vinho branco, a gente olha de outro jeito. Se depois de servir, a taça ficar opaca(quando dá aquela névoa no vidro, sabe?), é porque ficou frio demais – passou da conta. Aí é esperar mais um pouco pra temperatura ambiente fazer a sua mágica.

ImageNesse site ainda, que acho que já deu pra notar que está fortemente recomendado, pode-se fazer o download de um PDF que mostra quais são os vinhos, de qualidade, mais caros e mais em conta, por região e por uva, esse ano.

Mas de tudo, o que mais me chamou a atenção foi a sessão Find Your Wine Preference in One Minute (encontre sua preferência de vinho em um minuto). Nessa parte, há sempre duas escolhas. Latte ou café? Suco de maçã ou cítrico? Sorvete de baunilha ou de limão? E pra cada resposta, sugestões de vinho. As recomendações pra mim, por exemplo, foram Merlot, Shiraz, Petit Sirah, Malbec, Sauvignon Blanc, Vinho Verde, Chardonnay, Pinot Blanc e alguns outros. Já dá pra ter uma noção, a partir daí, e ir procurando os parentes mais próximos na família dos vinhos.

ImageO segundo site (aposto que já tinha até esquecido que tinha outro! acertei?), é o clubedosvinhos.com.br. A proposta desse site é que com um preço relativamente baixo – é vinho, nunca vai ser muito baixo. A não ser que seja o Cantina, mas aí nem tem porque ler isso aqui, rs – adquirir os melhores vinhos pelo mundo. É assim: você pode ser mensalista e escolher os planos de 100, 200 ou 300 reais, recebendo mensalmente 2, 4 ou 6 garrafas dos melhores vinhos, internacionais, escolhidos a dedo. Uma continha rápida, soma subtrai multiplica e usa bháskara, e a gente já sabe que são 50 reais por garrafa. E aí o mais legal não é fazer isso sozinho, e sim juntar uma turma pra conhecer essas seleções. Afinal, a ideia é experimentar e conhecer os diferentes sabores do vinho, e não ficar bêbado sem saber o que tomou. (Certo?).

A outra opção que o site dá é comprar a garrafa individual, sem ser mensalista. Você escolhe a faixa de preço e, nessa faixa, estarão as melhores opções. Aí você também não tem o compromisso de pagar os 100 paus todo mês.

De uma forma ou de outra, achei a ideia genial, e espero que se popularize, porque um projeto assim não deveria se perder. Se ficaram curiosos, procurem mais nos sites que recomendei, façam suas próprias pesquisas e se acharam algo que valha a pena, não esqueçam de mandar a sugestão pra mim!

Bisous!